quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Sua saúde bucal pode afetar a saúde do seu bebê?


Você sabia que sua saúde bucal pode influenciar na saúde do seu bebê?
Está comprovado que mães que apresentam doenças na gengiva (sangramento abundante) têm maior chance de terem bebês prematuros e de baixo peso.
A doença das gengivas (periodontal) é responsável por 10% do total dos nascimentos de bebês prematuros e, portanto de baixo peso.
Mães com doença periodontal afetando mais de 60% da dentição têm em 7,5 vezes aumentado o risco de terem parto prematuro. 
Bebês prematuros têm grande chance de desenvolverem distúrbios neurológicos, cegueira e problemas respiratórios.

Alterações gengivais na Gravidez:

Alteração do sistema vascular gengival.
Aumento da permeabilidade vascular, resultando em edema gengival e aumento de fluido gengival.
Diminuição da queratinização do epitélio gengival.
Aumento da progesterona – estimula a produção de prostanglandina (hormônio que promove contrações uterinas).
Aumento do nível de Prevotella intermedia - Kornman e Loesche, JPR, 1980 – Jonsson er AL, JDR, 1988 ( bactéria que ajuda a aumentar a inflamação da gengiva).
Existindo a gengivite ele pode se agravar se medias de controle de placa (biofilme) não forem instituídas.

A gestação normal não contraindica, necessariamente, o tratamento odontológico, se o estágio da gestação e a duração dos procedimentos permitirem.

Primeiro Trimestre: período da organogênese.
Segundo Trimestre: melhor época para a realização de procedimentos odontológicos.
Terceiro Trimestre: maior desconforto da gestante - evitar procedimentos demorados.

Os tratamentos de emergência devem ser realizados em qualquer fase da gestação, pois a tensão gerada pela dor é muito mais prejudicial do que qualquer procedimento realizado na clínica.
A dor e a ansiedade geradas por uma emergência odontológica pode ser muito mais prejudicial ao feto do que o tratamento propriamente dito.


O que se recomenda na gravidez é um controle do biofilme bucal, com objetivo da manutenção de um sistema periodontal (gengivas) saudável e adequação do meio bucal. No caso de haver cavidades abertas, instituir medidas provisórias para que a mulher passe a gravidez confortavelmente e possa após o parto dar continuidade ao tratamento, caso não seja possível realiza-lo de imediato.

Fonte: Programa Meu Bem Querer - SMS - Ribeirão Preto - SP