sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Dúvidas em traumas dentais


Padrão
Dúvidas em traumas dentais

Ocorrência bastante comum na infância e adolescência, mas que gera muita dúvuda em relação à melhor conduta a adotar para a melhor preservação e consequentemente, melhor resultado pós trauma.
No trauma dental há várias classificações e vou tentar ser o mais didática  e prática possível a fim de que este seja um manual de fácil manuseio imediato nestas situações, para que o prognóstico seja o mais favorável possível para o dente.
Situação 1 – Deslocamento de dente
Para lateral ou para fora do alvéolo – com uma gaze, fazer o realinhamento imediatamente, para evitar a formação do coágulo. Manter na posição com a própria gaze. Aplicar compressa de gelo na face e dirigir-se ao dentista para as providências necessárias.
Deslocamento para dentro do alvéolo – não deve ser feito nada no sentido de tentar trazer para a posição anterior. Fazer compressa de gelo na face e dirigir-se ao dentista.
Situação 2 – Corte de lábio, mucosa ou língua
Limpar o local com soro fisiológico 0,9%.
Fazer compressão com gaze
Aplicar compressa de gelo na face e dirigir-se ao dentista ou atendimento de urgência para avaliar a necessidade de sutura.
Situação 3 –  Fratura de dentes
Colocar o fragmento em soro fisiológico a 0,9% ou água
Se houver corte de lábio, mucosa ou língua, agir como na Situação 2
Dirigir-se ao dentista para colagem do fragmento
Caso o fragmento não tenha sido encontrado, dirigir-se ao dentista da mesma maneira para que seja ao menos feita uma radiografia de controle para avaliar possível dano ao complexo dentina-polpa (nervo) que será repetida em 10 dias. Se houver condições, o dentista poderá restaurar o dente nesta sessão. Caso não, poderá esperar diminuir possível edema e somente fazer nesta ocasião, uma proteção da dentina exposta.
Situação 4 – Perda de dente decíduo (de leite) por trauma
NUNCA REIMPLANTAR UM DENTE DECÍDUO
Limpar a região afetada com soro fisiológico a 0,9%
Morder uma gaze sobre a ferida para parar o sangramento
Fazer compressa com gelo para evitar edema
Dirigir-se ao dentista
Situação 5 – Perda do dente permanente por trauma
Caso seja recuperado, lavar o dente com soro fisiológico 0,9%, sem esfregá-lo
Reimplantá-lo imediatamente para evitar a formação de coágulo. Observar a posição correta ao fazer isso.
Caso não seja possível, o melhor lugar para o dente permanecer é debaixo da língua, ou soro fisiológico 0,9%, ou leite até chegar o momento do reimplante.
Aplicar compressa de gelo na face.
Se o dente não foi recuperado, peça para a família ir ao local do acidente para procura-lo. Caso ainda assim não seja possível, serão tomadas medidas para recuperação da ferida e conservação do espaço para futura prótese.
Estas são instruções para o imediato. Haverá necessidade de acompanhamento e outras intervenções que ficarão a cargo de seu dentista de confiança orientar.
Ana Margarida Jabali Marques – Cirurgiã-dentista – odontopediatra
FORP – USP – 1982 – Ribeirão Preto – SP